A lista B, apoiada pelo Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP), elegeu cinco membros para vogais do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) e a lista A elegeu dois, informou o Conselho neste sábado.

Ao nível de procurador-geral-adjunto foi eleito Pedro Branquinho, da lista B, que registou perto do triplo dos votos do segundo classificado. No que respeita a procuradores da República, a lista B obteve o dobro dos votos, elegendo Carlos Teixeira e Alexandra Neves. Quanto a procuradores-adjuntos, foram eleitos David Aguilar e Miguel Rodrigues pela lista B, que obteve 292 votos, e Francisco Guedes e Luzia Alegria pela lista A, que registou 254 votos.

Segundo o CSMP, a votação registou 1115 votos num universo de pouco mais de 1400 magistrados, tendo sido a maior votação de sempre para o Conselho. Integram ainda o CSMP, que é presidido por Joana Marques Vidal, os quatro procuradores-gerais distritais de Lisboa, Porto, Coimbra e Évora.