O SMMP tece duras críticas à ministra da Justiça, que acusa de “má fé”, de “manipulação de informação” e de protagonizar uma “farsa incompreensível e inqualificável” e lembra que a proposta de estatutos que aumentam salários foi feita sob a égide do próprio Ministério da Justiça.

 


 

pdf  Descarregar Artigo