Perde todos e um ano e meio depois de entrar em vigor, o Conselho Superior de Magistratura considera que o mapa judiciário começa a apresentar resultados positivos, mas os funcionários e magistrados do Ministério Público, tem uma opinião diferente.

Declarações: António Ventinhas