Sindicato do Ministério Público acusa ministra da Justiça de “farsa” inqualificável

Comunicado diz que as consequências da não aprovação do estatuto dos procuradores serão “demolidoras” e poderão “liquidar a investigação criminal” e “afectar gravemente o sistema de protecção de menores”. A possibilidade de o Governo não concretizar a revisão do estatuto dos procuradores, que estava prevista no âmbito da reforma do mapa judiciário, levou o SMMP a emitir esta terça-feira um violento comunicado.

 


 

pdf  Descarregar Artigo