SAPO24, 26/06/2014

O presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público considerou hoje “positivo” o chumbo das propostas do PSD e PS para alterar a composição do Conselho Superior do Ministério Público, dizendo que seria “prematuro” desconvocar a greve.

Confrontado com o chumbo em sede de comissão parlamentar das propostas do PSD e PS de alteração da composição do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), António Ventinhas respondeu à Lusa que isso é uma “evolução positiva” e um sinal que a discussão do Estatuto do MP está a ir “num bom caminho”, mas que seria “prematuro” da parte do sindicato desconvocar os restantes dois dias de greve.

António Ventinhas referiu que as informações que o sindicato tem são no sentido de que só foram discutidos alguns artigos do Estatuto do MP, incluindo a questão da composição do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), mas que há outras matérias muito importantes que ainda não foram votadas pelos grupos parlamentares.