A Direcção do SMMP manifesta-se incrédula e estupefacta face às afirmações ontem tornadas públicas por um jornal diário, atribuídas à Drª Cândida Almeida, responsável pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal, departamento do Ministério Público que investiga a criminalidade mais grave e organizada, e pela maioria dos «megaprocessos» mais mediáticos pendentes de investigação, no país.

Consultar documento em formato PDF 

Share This

Partilhar