SMMP - Sindicato dos Magistrados do Ministério Público MP recusa dar ficheiros de hacker à Justiça de Putin

MP recusa dar ficheiros de hacker à Justiça de Putin

PORTUGAL – Ministério Público só aceita cumprir parte da carta rogatória. Rui Pinto é ouvido, mas russos não podem aceder aos ficheiros MAGISTRADOS – Procurador e juiz da Rússia estão no nosso país e queriam convencer PGR a entregar hacker

TÂNIA LARANJO

A Rússia enviou um juiz e um procurador a Portugal para interrogarem Rui Pinto, suspeito de furtar os mails do Benfica, mas não vão ter acesso aos seus segredos. O Ministério Público aceita cumprir apenas parte da carta rogatória. As perguntas podem ser feitas pelas autoridades portuguesas, mas os ficheiros não podem ser consultados.

O que a Rússia quer é claro: apanhar Rui Pinto, chegar aos seus segredos e perceber se foi ele quem denunciou esquemas de corrupção que atingem o governo Russo. Querem imputar-lhe crimes – e não pretendem a sua colaboração, como

foi já pedido pelas autoridades francesas, belgas e holandesas. Uma das situações em causa foram documentos revelados pelo Football Leaks – que agora se sabe, eram obtidos pelo português que usava o nome John – e que mostram que o governo russo injetou 1,65 mil milhões de euros em três clubes daquele país – Zenit, Lokomotive Dínamo. Foi nos últimos cinco anos, em forma de patrocínios camuflados, numa violação clara das regras de fair play financeiro.

A investigação do jornal ‘The Black Sea’, que era baseada em balanços contabilísticos e trocas de documentação entre os clubes russos e a UEFA, revelava ainda que o comité de controlo financeiro da UEFA encobriu este esquema durante os anos que antecederam o Campeonato do Mundo de 2018.

Com isso, conseguiram tam

bém subir no ranking da UEFA e colocar mais uma equipa na Champions. Poderá também ter sido através de esquemas criminosos que conseguiram realizar o Mundial naquele país. A carta rogatória dos russos poderá imputar a Rui Pinto crimes de espionagem que não estão configurados na lei portuguesa. Se assim for e se não houver uma garantia forte de que o pirata informático português terá um julgamento justo, nunca será extraditado para solo russo. Também nem sequer é líquido que tudo o que os russos querem saber lhe seja perguntado. A PJ é que lidera a inquirição.

RUSSOS | PODEM EMITIR MANDADOS

Os russos podem vir a emitir mandados para prender Rui Pinto, o que fará com que dificilmente ele possa sair de Portugal. Poderá mesmo ser a única forma de não ser preso, já que dificilmente o nosso país permitirá que um cidadão nacional seja julgado em solo russo.

BENFICA | QUER EXTENSÃO DE MANDADO

O Benfica quer a extensão do mandado europeu e quer ouvir Rui Pinto por causa dos mails dos encarnados. 0 pedido já f oj feito ao Ministério Público que se entender que existem indícios suficientes o envia para as autoridades húngaras. Só a Hungria pode dizer se o hacker pode responder por outro crime.

Recebe prémio promovido pela Esquerda europeia

Rui Pinto foi um dos vencedores de um prémio europeu para denunciantes, promovido pela Esquerda Unitária Europeia (GUE/NGL). Os vencedores foram anunciados durante a sessão plenária do Parlamento Europeu, que decorre em Estrasburgo, França, e incluem também o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, detido na quinta-feira pela polícia britânica, e Yasmine Motarjemi, denunciante dos lapsos de segurança alimentar da Nestlé.

PORMENORES

Prisão preventiva

Rui Pinto está preso preventivamente desde que foi levado ao juiz de instrução criminal no Campus de Justiça. 0 magistrado disse que havia perigo de fuga e perigo de continuação de atividade criminosa.

Caso Doyen

A intromissão no sistema do fundo Doyen e a alegada tentativa de extorsão ao grupo são os crimes que determinaram a medida de coação mais grave do Código de Processo Penal. A defesa do pirata informático já recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa.

Contratos do Sporting

0 Sportingfoi um dos clubes visados com as denúncias de Rui Pinto. 0 jovem tornou públicos contratos como o que tinha sido feito com o treinador Jorge Jesus. Foram ainda conhecidos ordenados de alguns atletas.

Pai visita-o na Hungria

Foi na sequência da visita do pai de Rui Pinto à Hungria que a PJ o apanhou. Controlou a sua saída do nosso país e pediu aos húngaras para seguirem os familiares do hacker. Apanharam-no à chegada.

Recusou extradição

Rui Pinto recusou a extradição e recorreu para todas as instâncias da Hungria. Perdeu todos os recursos e os juizes determinaram que tinha mesmo de ser enviado para Portugal.

ADVOGADO AGRADECIDO POR RECONHECIMENTO

Francisco Teixeira da Mota, advogado de Rui Pinto, disse que foi extremamente importante saber que os contributos de Rui Pinto para a transparência e para o combate à corrupção no futebol foram reconhecidos.

Autoridades russas sem jurisdição

O juiz e o procurador russo podem acompanhar o interrogatório, mas não podem fazer diretamente perguntas a Rui Pinto. Terão sempre de ser feitas pelos inspetores da Polícia Judiciária, porque as autoridades russas não têm jurisdição no nosso país.

SMMP - Sindicato dos Magistrados do Ministério Público “Esta história de nepotismo é absurda e infamante”

“Esta história de nepotismo é absurda e infamante”

A ministra da Justiça garante que o facto de o marido, Eduardo Paz Ferreira, estar a liderar a renegociação do terminal de Sines nada tem que ver com as histórias de nomeações de familiares para o Governo. “A inclusão do meu marido nos comentários das redes sociais sobre estas ligações familiares no Governo é um engano”, afirmou Francisca Van Dunem ao ‘Jornal de Angola’. E foi mais longe: “Esta história de nepotismo é melhor ficar por aqui, porque é uma história absurda e infamante”. Van Dunem está de visita a Luanda e garantiu ontem que o “mal-entendido” entre Angola e Portugal é coisa do passado.