Notícias do dia


Ministra garante apoio às crianças do Kastelo

Ministra garante apoio às crianças do Kastelo

Marta Temido diz que o SNS pode atuar mas que o melhor é “corrigir as disfuncionalidades”

Miguel Amorim

INVESTIGAÇÃO A ministra da Saúde garantia que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está em condições de garantir o internamento das crianças da unidade de Cuidados Continuados e Paliativos Kastelo, em São Mamede de Infesta, Matosinhos, mas entende que a melhor opção é acorreção das disfuncionalidades detetadas.

Marta Temido indicou que caberá à Administração Regional de Saúde do Norte “agilizar o regresso” das crianças do Kastelo aos hospitais que as referenciaram, sublinhando que isso só acontecerá em caso de suspensão da unidade.

Uma hipótese que veio a público no início da semana e que foi confirmada pela Entidade Reguladora da Saúde, ERS, que diz ter recebido “denúncias e reclamações”, que levaram a uma inspeção e à emissão de um “projeto de deliberação” para suspender o funcionamento.

A Operação Nariz Vermelho, que visitava semanalmente as crianças, reiterou ter apresentado queixa no Ministério Público contra a Associação No Meio Do- Nada, que explora o Kastelo, por suspeita de negligência e maus-tratos “após tomada de conhecimento de alegadas situações que caso sejam comprovadas são inaceitáveis”. ‘

CASOS MUITOS ESPECIAIS

Marta Temido assegurou apoio, mas adotou um discurso prudente. “Mais do que pensar já nessa hipótese [de regresso a internamento nos hospitais), estão a ser feitos todos os esforços no sentido da correção das disfuneionalidades”, repetkij advertindo que os cuidados que os utentes do Kastelo necessitam “são muito especializados” e que a solução ideal não será o ambiente hospitalar.

Dadas as notícias, a Direção do Kastelo referiu ter pedido, por mote próprio, uma “ação inspetiva” e que nas visitas da ERS houve “total colaboração”. •

Read more

MP pede prisão para clínicos

MP pede prisão para clínicos

O Ministério Público pediu a condenação dos três médicos e da enfermeira que estão a ser julgados no Tribunal do Bolhão, no Porto, pelo crime de homicídio por negligência. O caso aconteceu em outubro de 2010, após a mo…

Read more