Tribunal de Contas deixa alerta sobre PRR

Numa auditoria ao Portugal 2020, 0 Tribunal de Contas deixa uma série de avisos sobre 0 Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Lembra que, em sete anos, “só foi possível concretizar perto de 60% de um montante global de cerca de €26 mil milhões” e alerta para “0 risco que representa absorver mais de €60 mil milhões” em menos tempo e com investimentos complexos. Diz, por isso, que é “necessário multiplicar exponencialmente a capacidade de absorção deste financiamento”.

read more

Seis anos perdidos

A geringonça dividiu e enfraqueceu a sociedade: criou uma economia que não cria riqueza, antes reparte a pobreza; gerou uma cultura que não procura o que é comum e agrega, mas o que separa e tribaliza

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador …

read more

AO MINUTO: Braço de ferro por certificado; Segue investigação a Bolsonaro

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

Segundo os dados mais recentes, Portugal registou mais cinco mortes e 888 novos casos de Covid-19, estando o número de internados a aumentar. No total, desde o início da pandemia, já foram notificados 18.149 óbitos e 1.088.133 contágios. O país está na ‘zona amarela’ da matriz de risco, com a incidência da Covid-19 e o Rt a subirem.

Lá fora, são vários os países onde a incidência de casos está a aumentar, gerando preocupação. Espanha e Alemanha são apenas dois exemplos, sem esquecer a China que tem registado novos casos todos os dias, tendo já colocado uma cidade em confinamento para evitar a propagação do vírus.

A Organização Mundial de Saúde considerou que a situação da pandemia em Portugal prova a eficácia das vacinas, mas alertou que apenas a imunização “não é suficiente para acabar com a pandemia”.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

07h40 – China deteta 48 casos locais e 16 importados nas últimas 24 horas

A China detetou 64 casos de covid-19, nas últimas 24 horas, 48 por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país. Os casos locais foram detetados no município de Pequim (dois), nas regiões autónomas da Mongólia Interior (19) e Ningxia (dois) e nas províncias de Gansu (12), Heilongjiang (nove), Qinghai (três) e Yunnan (um).

07h25 – Brasil. PGR abre investigação preliminar a supostos crimes de Bolsonaro

O procurador-geral da República (PGR) brasileiro abriu na quinta-feira uma investigação preliminar aos alegados crimes cometidos durante a pandemia de covid-19 por 13 políticos, incluindo o Presidente, Jair Bolsonaro, noticiou a imprensa local. Em causa está um relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), sobre alegadas falhas e crimes cometidos na pandemia no Brasil, entregue na quarta-feira ao PGR, Augusto Aras, a quem cabe analisar as acusações contra Jair Bolsonaro e às restantes 12 pessoas com foro privilegiado – direito dado no país a algumas autoridades que ocupam cargos públicos, permitindo que não sejam julgadas pela Justiça comum.

07h19 – Senado francês recusa prolongar uso do “passe sanitário” até julho

O Senado francês, dominado pela oposição de direita, recusou-se na quinta-feira a prolongar a utilização do “passe sanitário” contra a covid-19 até julho de 2022, iniciando assim um braço de ferro com a posição do presidente Emmanuel Macron. Por 158 contra 106 votos, o Senado decidiu prorrogar o “passe sanitário” apenas até 28 de fevereiro, revisando um projeto-lei aprovado pelos deputados em 21 de outubro.

07h09 – O que lembrar de ontem:

“Não tenho nada a ver com campanhas pré-eleitorais”, diz Gouveia e Melo. O vice-almirante, que coordenou o processo de vacinação em Portugal, garantiu hoje, num evento em Lisboa, que não tem “nada a ver com pré-campanhas eleitorais” e sobre a situação pandémica considerou que .

DGS reforçou o apelo à vacinação contra a gripe e a Covid-19. A Direção-Geral da Saúde (DGS) apelou, esta quinta-feira, à considerando que esta é decisiva para minimizar o risco de propagação de vírus como o SARS-CoV-2 ou o da gripe e, desta forma, diminuir a ocorrência de doença grave.

Moscovo iniciou esta quinta-feira um novo confinamento, num dia em que a Rússia voltou a bater novo recorde no número de infeções e de mortes por Covid-19. A partir de hoje e até ao próximo dia 7 de novembro, .

OMS diz que situação da pandemia em Portugal prova a eficácia das vacinas. A Organização Mundial da Saúde considerou hoje que o , mas alertou que apenas a imunização “não é suficiente para acabar com a pandemia”.

07h00 – Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior através deste link.

read more