Relatório aprovado em 23 de Junho pelo Comité de Assuntos Jurídicos e Direitos Humanos Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, que recomendou uma série de medidas para aumentar a independência dos juízes por toda a Europa, pondo termo a “todas as ingerências motivadas por considerações políticas” em processos concretos. O estudo analisa a situação particular da França, Alemanha, Reino Unido e Rússia.

Versão em Francês

Versão  em Inglês